Início Cantores Rapper Matuê luta contra as drogas e Depressão

Rapper Matuê luta contra as drogas e Depressão

394
0
Matuê lutando contra a depressão
O Cantor matue está com depressão.

Me perdi nas pílulas, minha doença afetiva bipolar piorou muito, mostra Matue depois de ataques na rede

Após o lançamento de Time Machine (álbum matuês que bateu recordes de lançamentos nacionais em 2020) uma nova era começou a surgir, mas com uma série de reclamações.

Nos últimos dias, o cantor fez uma aparição enigmática nas redes sociais, geralmente com filtros relacionados a olhos encharcados de sangue, vídeos coletando sangue e até extras extraordinários junto com sua venda pessoal de sangue.

Embora muitos acreditem que isso seja o anúncio de uma nova era, também há uma série de reclamações sobre a maneira como os fabricantes de cantores 30praum disponibilizaram esses acessórios por meio do site.

Além de Add -On como o colar que continha sangue matuense, havia também um trabalho doméstico de 8 elementos que, em suma, se transformou em uma mudança de alma para os objetos. A Coleta de almas deve ser anotada e não pode ser cancelada ou resgatada, esse é um dos temas do prazo.

Ao mesmo tempo, as músicas de Matus no Spotify foram ligadas a filmes de sangue pingando, sugerindo o que viria disso.

Chegou a comercializar sua nova empresa Buying Blood, Buying Souls nas estações da Luz, Pinheiros e Paulista do metrô paulistano.

Comprando sangue, comprando almas: promovendo estátuas. As porções também aparecem em barracas no Rio de Janeiro e no Aeroporto de Fortaleza.

Desde o início do cantor de iscas, a internet e os meios dessas táticas, por muitos considerados estranhos, têm sofrido duros ataques. * 100003 Na madrugada desta segunda-feira (9h), o cantor Matuê deixou claro em seu Twitter que estava lidando com todo tipo de mensagens e feedbacks envolvendo homofobia e apelos para que o cantor se suicidasse.

Esse anúncio e a campanha de marketing do Colar se tornaram apenas uma forma de coletarmos estatísticas de multidões para que possamos vender doações de sangue As doações são baixas.

Essa campanha de marketing de colar acabou se tornando uma forma de coletarmos informações de muita gente para incentivar a doação de sangue neste segundo do COVID, onde as doações são baixas, explicou Matuê.

O cantor enfatizou o quanto essa perseguição na web tem fragilizado sua saúde, citando sinais e sintomas que podem ser uma homenagem à depressão.

Segundo Matue, por causa de sua saúde, ele vai satisfazer suas liberações deliberadas e se aposentar de sua carreira à medida que seu transtorno afetivo bipolar piorou, o que também se deve à sua saúde física.

Além dos ataques, no entanto, também houve dificuldades de fanáticos e apoiadores matuenses, pois sua perturbação o trouxe à vida, pois poderia haver a possibilidade de ferimentos graves ou até mesmo suicídio.

Apesar de sua inépcia, o cantor foi um perseguidor de publicidade e des de Marketing toda essa história e relata que há três anos não afirma de forma alguma seus direitos a absolutamente todos e que sua intenção constante era motivar as pessoas.

E antes de mais nada, peço desculpas a todos e a todos que fiz pelo Passando pela dor que estou sentindo o fim dela, concluiu a cantora. a doença, assim como simpatizamos com todas aquelas pessoas que passam por condições semelhantes ou que as têm há muito tempo.

Apesar do desespero, Matuê bate um recorde com o lançamento de Quer Voar

O caçador cearense Matuê divulgou novos dados sobre estruturas virtuais após o lançamento da melodia Quer Voar. De acordo com anúncio divulgado nesta terça-feira (17), que segue sua estreia no número 1 das músicas da Pinnacle no Youtube, cerca de quatro milhões de jogadores se acumularam apenas nas primeiras 24 horas.

O solteiro ainda marcou 1,1 milhões no Spotify e 3 músicas diferentes voltando ao top 200, incluindo Time Machine, 777-666 e Kenny G.

Para vender o lenço novo, Matue compartilhou as avaliações quando postou postagens em seu Instagram, no qual ele tirou seu sangue pessoal e o desmontou em fragmentos que mais tarde se tornaram pingentes de corrente. Os artigos foram colocados à venda em seu site por uma taxa incomum, a alma do cliente.

Embora o movimento tenha recebido duras críticas, a grande intenção por trás dele era aumentar as inscrições para uma campanha de marketing de doação de sangue por meio do Hemotify, uma plataforma que leva doadores capacitados aos hemocentros mais próximos. A escassez de sangue nos hemocentros e de doadores é um problema histórico no Brasil.

Com a pandemia de COVID-19, essa raiva se intensificou. Hoje, mais de 10 milhões de brasileiros dependem da doação de sangue imediata para a vida. Fizemos uma parceria com a Matuê para ajudar a divulgar esse assunto e mostrar ao público que doar sangue é seguro e importante, disse Fernando Berwanger, autor do Hemotifys.

O Rapper Matuê está fazendo barulho nas redes sociais. Tudo começou quando o cantor lançou uma publicação anunciando a suposta venda de um colar com seu sangue em troca da alma dos fãs.

Quando vejo sangue, compro almas, escrevi no Twitter. O artista tem promovido atividades de vampiros por algumas semanas. O rapper começou a usar filtros de olhos vermelhos em histórias e emojis de morcegos e sangue. Até mesmo os vídeos de fundo de suas músicas no Spotify começaram a mostrar sangue, o que fascinou os fãs.

Após o artista receber diversos ataques, o artista resolveu visitar a rede social para comentar o assunto.
Esta campanha de marketing de colar foi apenas uma forma de coletarmos dados de milhares de pessoas para incentivar a doação de sangue. Ninguém perderia uma alma, eles apenas receberiam um e-mail da hora em que a doação foi anunciada naquele momento em que as doações estão diminuindo, explicou.

Matue
Matue, reprodução internet

Toda essa perseguição me deixou muito debilitado, já faz um mês que fui ao médico e no hospital, meu corpo dói muito, quando acordo de manhã é quase impossível tarefa de se levantar, desenvolvi várias fotos que nenhum médico pode explicar. Minha saúde está péssima.

O Caso é tão sério que já estão desenvolvendo uma Lei contra o Lei do Bullyng na Internet

Vou fazer essas publicações que já estão feitas e tchau por um tempo, ninguém é obrigado a passar por isso. Eu nem desejaria ao meu pior inimigo o que estou passando, escreveu ele após o episódio.

Artigo anteriorLeão encontrado na Sibéria após 28.000 anos
Próximo artigoLei contra o Lei do Cyber Bullyng, é a luta de Walkyria Santos

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui